quarta-feira, 11 de julho de 2018

ESCOLA REALIZA O PLANTÃO PEDAGÓGICO PARA ACOMPANHAMENTO DOS ESTUDANTES


Nos dias 10 e 11 de julho, a direção e a coordenação pedagógica do Colégio Estadual Luiz Julio Carneiro realizaram o PLANTÃO PEDAGÓGICO com o objetivo de ouvir e dar ciência aos familiares dos estudantes sobre o seu desempenho na I unidade letiva de 2018.


Durante a conversa os familiares tiveram a oportunidade de falar sobre os que seus filhos dizem da escola e de ouvir sobre o seu desempenho não só nos assuntos da área cognitiva como também de outros aspectos sócio-formativos importantes na formação integral do ser humano.
Os familiares ficaram satisfeitos com a metodologia empregada, pois esse acompanhamento é fundamental para evitar fracassos futuros.
Os pais e responsáveis que não puderam comparecer nos dias marcados poderão aparecer em outro momento conforme suas possibilidades.
A escola agradece aos familiares presentes e se dispõe a continuar atendendo a comunidade escolar para o bom desenvolvimento de suas atividades.

ALUNOS DO 9º ANO COMEÇAM A SE PREPARAR PARA O REDIJAÊ


A professora de Língua Portuguesa, Ilka Myrelle, iniciou os trabalhos do Projeto Redijaê que visa preparar os estudantes para o ENEM.
A perspectiva de iniciar esse trabalho desde o 9º ano é preparar bem o estudante para o Exame Nacional do Ensino Médio a ser realizado no 3º ano.


A ação faz parte do projeto ENEM 100% e a proposta é a de que os estudantes escrevam e envie suas redações para o ambiente virtual da plataforma Anísio Teixeira (http://colaborativus.pat.educacao.ba.gov.br/enem/).
Os textos são analisados por professores da rede estadual e por estudantes de universidades públicas e particulares e devolvidas para os alunos, com as observações necessárias para o aperfeiçoamento da escrita dissertativa.
O projeto permite o envio de duas redações. Na primeira etapa, e segunda etapa. A coordenadora de Currículo e Desenvolvimento Humano da Secretaria da Educação do Estado, Jurema Brito, ressalta que o Re­dijaê é um me­ca­nismo de for­ta­le­ci­mento do pro­cesso de pre­pa­ração dos es­tu­dantes. “O Redijaê é uma das ações do ENEM 100%, que funciona como um conjunto de estratégias para ajudar o estudante que vai fazer o Exame, já que a redação é uma etapa muito importante para o ENEM. Então, o que queremos com o Redijaê é que o estudante compreenda as competências, através dos cursos online que oferecemos no ambiente virtual do Portal da Educação, e possam produzir um texto eficiente para que tenha mais chance de entrar para o Ensino Superior”.
Passo a passo - Para par­ti­cipar do projeto, o es­tu­dante deve acessar o link:  http://colaborativus.pat.educacao.ba.gov.br/enem/, in­formar o CPF ou a ma­trí­cula e pre­en­cher al­guns dados. O link de acesso e senha pro­vi­sória é enviado para o e-mail do es­tu­dante ca­das­trado. A pon­tu­ação e as in­for­ma­ções de de­sem­penho do es­tu­dante serão disponibilizadas nessa pla­ta­forma, no dia 3 de novembro.
Preferencialmente, o texto deve ser escrito na folha pa­drão dis­po­nível na Pla­ta­forma Anísio Tei­xeira (Am­bi­ente Co­la­bo­ra­tivus) ou em uma folha pau­tada de ca­derno. Depois, o texto deve ser fo­to­grafado uti­li­zando um ce­lular ou ta­blet. Importante salvar em boa re­so­lução e enviar como do­cu­mento (PDF) ou ar­quivo de imagem (PNG, JPEG e JPG). O texto pode, também, ser digitalizado utilizando um aplicativo de scanner (dis­po­nível gra­tui­ta­mente nas lojas vir­tuais dos ce­lu­lares ou ta­blet) ou utilizando uma impressora com scanner.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

CELJC ICHU-BA: Cursos Técnicos de Nível Médio nas áreas de Administração e Segurança do Trabalho.



A inscrição deverá ser feita no portal da SEC através do http://processoseletivoeptec.educacao.ba.gov.br/inscricao
§ 1º-No ato da inscrição o candidato deverá fazer a opção para um único Município, Unidade Escolar, curso e turno.
§ 2º-Ao inscrever-se, o candidato informará o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e criará uma senha de 06 a 08 dígitos, que dará origem a um login para trânsito no link do sorteio, inclusive para modificar as informações ou cancelar a sua inscrição.
§ 3º-O candidato poderá alterar os dados pessoais, a senha, o curso e o turno para o qual pleiteia a vaga. Não será permitido alterar o município de residência e o CPF.
§ 4º A inscrição implica o reconhecimento e a aceitação, pelo candidato, de todas as condições previstas nesta Portaria.
§ 5º-O candidato, ao cancelar a sua inscrição, terá todos os seus dados apagados no Sistema. Contudo, caso deseje, poderá inscrever-se novamente, preenchendo um novo cadastro durante o período de inscrição.
§6º-O candidato poderá esclarecer as dúvidas referentes à sua inscrição pelo e-mail suprot.regulacao@educacao.ba.gov.br
São 35 vagas para cada um dos cursos ofertados: Técnico em Administração e Técnico em Segurança do Trabalho, turno noturno.
Art. 5º As vagas disponibilizadas no Processo Seletivo para os cursos de Educação Profissional Técnica na forma de articulação subsequente ao ensino médio - 2018.2 serão distribuídas segundo a ordem classificatória das médias finais obtidas nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática no último ano/módulo de estudo no Ensino Médio ou equivalente ou resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio / Enem.
§ 1.º - O candidato deve declarar as suas médias, preenchendo o campo específico do formulário de inscrição, informando a média final das disciplinas Língua Portuguesa e Matemática alcançadas na última série do Ensino Médio ou as médias obtidas no Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos / CPA ou as médias obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio / ENEM.
§2.º - As médias finais registradas em conceitos serão convertidas automaticamente em notas pelo sistema do Processo Seletivo, considerando as equivalências, conforme o Anexo II.
Art. 6º Todos os candidatos inscritos serão classificados, considerando-se a ordem decrescente de média final, até atingir o limite de vagas oferecidas, sendo convocados de acordo com a ordem da referida classificação e o número de vagas fixadas no Anexo III.
§1.º-Em caso de empate na média final das notas obtidas, o desempate será feito dando-se preferência, sucessivamente, ao candidato que possuir:
I- maior média de Língua Portuguesa;
II- maior idade, considerando-se dia, mês e ano.
Art. 7º O candidato convocado no Processo Seletivo EPTEC - 2018 deverá comparecer e efetivar  a sua matrícula na Unidade Escolar para qual se inscreveu e foi contemplado, no período de 19 a 23 de julho de 2018, no turno que irá estudar, apresentando a seguinte documentação:
I - Cópia do CPF - sendo necessária a apresentação do original para a devida autenticação;
II - Certificado de Conclusão do Ensino Médio original;III - Cópia da Cédula de Identidade - sendo necessária a apresentação do original para a devida autenticação.
IV- Comprovante de residência, atestando o endereço informado no momento da inscrição - original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (Água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura).
§1.º - Para efetivar a matrícula, o candidato deverá comprovar a veracidade da média final declarada, apresentando o histórico escolar ou outro documento original da instituição de origem.
O relatório geral dos sorteados será divulgado no site da Secretaria da Educação e ficará à disposição do candidato interessado em conhecer sua classificação, mediante a inserção do seu login cadastrado no ato de inscrição.
Art. 12-. O prazo máximo para convocação de candidatos contemplados no Processo Seletivo EPTEC 2018 é até 30 (trinta) dias após o início das aulas de cada semestre.
Art. 13 - Não devem ser iniciadas as aulas para as turmas que não atingirem o mínimo de 20 alunos, até o início das aulas, conforme calendário letivo de 2018.2.
Parágrafo Único - Os cursos no eixo tecnológico Produção Cultural e Design estão autorizados a funcionar com o mínimo de 15 alunos matriculados.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Arraiá do CELJC 2018: Sou + Brasil




O Arraiá da nossa escola aconteceu no dia 15 de junho, com musicas, danças, brincadeiras, comidas típicas e a animação de Bito Silva e Musical Eventus.
Começando por volta da 14 horas e 30 minutos, tivemos o quebra-pote e o concurso de dança tendo como vencedora a coreografia “Evolução do Forro” dos estudantes Alysson, Jacó, Giulia, Kassandra e Carolina. Para esse concurso contamos com a participação dos jurados: o cantor Elmo Carneiro, o músico Som, a professora de Educação Física Samile e o coordenador do Projeto Escolas Culturais, Lennon Borges.





Logo após tivemos o sorteio do balaio, sendo vencedora a aluna Maria Eduarda. Além disso, os alunos que venderam balaios concorreram a brindes sendo contemplados os alunos Gabriel do 7º ano e Lilian Conceição do 9º ano.




Para encerrar as brincadeiras houve a QUADRILHA SOU MAIS BRASIL que animou e encantou o público. Quem não pode ver terá oportunidade no dia 24, pois a nossa quadrilha se apresentará no Arraiá da Cidade.
Todos os presentes participaram da confraternização das comidas típicas: milho, amendoim, bolo dentre outros.
E que venha 2019!!!!!











































terça-feira, 29 de maio de 2018

PAIS, ALUNOS E COMUNIDADE NO SEMINÁRIO SOBRE AFETIVIDADE PROMOVIDO PELA ESCOLA EM PARCERIA COM O PROJETO ESCOLAS CULTURAIS



No dia 28 de maio, realizamos em nossa escola o SEMINÁRIO AFETIVIDADE CONSIGO, COM O OUTRO E COM O LUGAR. Esse seminário foi fruto de um trabalho desenvolvido com a temática durante a primeira unidade conforme planejamento na Jornada Pedagógica.
Na oportunidade o PROJETO ESCOLAS CULTURAIS foi integrado ao planejamento com vistas a atingir os objetivos através de manifestações culturais diversificadas. Assim, após um momento coletivo sobre o tema onde houve acolhida aos participantes e convidados, música, dinâmicas e um vídeo produzido pela escola, os alunos se dirigiram às oficinas para um trabalho mais específico e diferenciado.
A Escola Tia Zula participou conosco e experimentou vivências com a Assistente Social Iranett e com a Fisioterapeuta Caroline. Já os alunos da nossa escola trabalharam com o Psicólogo Leonan e com o Educador Físico Moisés.
Após o lanche, todos retornaram ao auditório para as apresentações das vivências que foram intercaladas por apresentações culturais com o Grupo Enigma da Dança de Conceição do Coité, com dramatização e dança dos nossos alunos e apresentação de músicos da nossa terra como Bito e Elmo Carneiro.
Percebemos que objetiva e subjetivamente falamos de carinho, afeto, cuidado consigo, com o outro, com o nosso lugar através das atividades realizadas as quais foram muito bem participadas por nossos alunos. Vale ressaltar que tivemos a presenças de pais e mães que apreciaram as apresentações, acompanharam os trabalhos e ainda se reuniram para saber como está o desenvolvimento dos seus filhos na escola.
Nossos agradecimentos aos profissionais do NASF do nosso município, ao Coordenador do Escolas Culturais Lennon Borges, aos artistas, ao grupo Enigma da Dança e todos da nossa comunidade escolar pelo brilhante trabalho desenvolvido por todos.